Empreendedorismo Digital

 

A IMPORTÂNCIA DE MANTER EM DIA AS POSTAGENS NAS REDES SOCIAIS

A IMPORTÂNCIA DE MANTER EM DIA AS POSTAGENS NAS REDES SOCIAIS

Autor: Romeu Gomes
Em: 28-05-2023 11:44
Tempo de Leitura: 7 min

A importância das redes sociais para uma pequena ou média empresa é muito grande, pois elas permitem se conectar diretamente com os clientes, divulgar seus produtos e serviços, fortalecer sua marca e impulsionar suas vendas.

As redes sociais oferecem uma maneira eficiente de alcançar e engajar um público amplo e diversificado, além de facilitar a comunicação horizontal e direta com os prováveis consumidores. Porém, nem só de benefícios estamos falando, as redes sociais também apresentam alguns desafios, como por exemplo a gestão de crises, a reputação online e os ataques virtuais, a manutenção e produção constante de conteúdo relevante e cativante para seu público.

Por isso, é essencial que você esteja preparado para lidar com todas essas questões, adotando estratégias de marketing digital adequadas ao seu perfil de público e de negócio. Para criar uma boa estratégia de marketing digital, você precisa seguir alguns passos básicos:

  • Defina os objetivos: entender qual é a necessidade dos clientes, e o que eles esperam de conteúdo é um ponto súper importante, prestadores de serviço como advogados, médicos, contabilistas, marketin entre outros podem produzir conteúdo que tire dúvidas da sua própria área, além de auxiliar as pessoas e exibir sua empresa no momento em que elas precisam, é também uma forma de gerar trafego orgânico diretamente para seu site; Já empresas do setor comercial, devem focar na experiência de uso de seus produtos, por exemplo uma loja de modas pode dar dicas de uso e combinação das peças e acessórios;
  • estabeleça as metas de marketing digital: uma vez definidos os objetivos, é hora de definir as métricas, para posteriormente poder avaliar os resultados, um exemplo de meta pode ser, por exemplo, aumentar a visibilidade e conseguir novos seguidores, ou melhorar o engajamento da marca junto aos consumidores para fortalecimento desta, ou mesmo um objetivo mais direto de aumentar as vendas, ou quem sabe o objetivo seja a médio e longo prazo de alcançar tráfego orgânico. Lembre-se que dependendo do seu objetivo, você vai investir em campanhas diferentes, por isso, manter o foco é essencial, para poder controlar precisamente o retorno e o quanto é investido.
  • Invista na sua estratégia de conteúdo: elabore seus conteúdos de acordo com suas metas e objetivos, se possível cruze os seus dados com as informações que você tem sobre a sua audiência, seus seguidores e até mesmo os horários e tipos de publicação que geram maior visibilidade, maior engajamento, ou mesmo maior tráfego. O importante no conteúdo, é que você tenha uma regularidade, não importa se você definiu a frequencia para 1 postagem mensal, ou para 2 postagens diárias, o que importa é nunca jamais frustar seu público e o deixar esperando;
  • Escolha os canais adequados: Não adianta querer abraçar tudo de uma vez, selecione as plataformas digitais que mais se adequam ao seu negócio e ao seu público, como redes sociais, e-mail marketing, blogs, vlogs, listas de músicas, podcastings, fotologs e muitas outras opções, existem centenas de redes sociais de nicho que atingem públicos muito específicos ou comunidades bem fechadas para consumo de conteúdos, como os fóruns sobre determinados assuntos. Dependendo do seu nicho de mercado, existe até mesmo espaço para você criar uma comunidade ou fórum de um tema específico;
  • Mensure os resultados: de nada adianta produzir um conteúdo impecável, se ele não traz o retorno desejado, ou se o público alvo não foi atingido, ou mesmo se os resultados não estão sendo satisfatórios, por isso, acompanhar os indicadores-chave de desempenho, métricas e resultados é um ponto crucial, existem centenas de geradores de estatísticas de acesso, como o FacebookPixel, o google Tag Manager, o Google Analytics, Webalizer, entre outros; escolha o que você se sente mais confortável, e sempre que possível faça ajustes e alinhe as campanhas com seus objetivos.

Esses são os passos essenciais para criar uma estratégia de marketing digital, porém, cada negócio pode ter suas particularidades e demandas específicas. Por isso, é importante que você faça uma pesquisa aprofundada sobre o seu mercado, a sua concorrência e as melhores práticas do seu segmento.

Qual tipo de conteúdo é mais adequado?

Existem centenas de formatos diferentes de conteúdos, para a escolha dos melhores formatos, você precisa levar em conta as características da rede social escolhida, especificidades e necessidades do público e mercado que você atua, bem como o perfil e as preferências do seu público em cada plataforma. Existem vários tipos de conteúdo que podem ser úteis nas redes sociais, os conteúdos mais populares são:

Textos: podem ser usados para informar, educar, entreter ou persuadir o seu público sobre um assunto relacionado ao seu negócio. Eles podem ser desde artigos de blog até guias, tutoriais, e-books ou infográficos. Geralmente eles são muito úteis para gerar trefego orgânico e dependendo do contexto, podem ser relevantes por longos períodos. O publico que consome esse tipo de conteúdo geralmente é muito qualificado e tem uma ótima retenção, ou seja, uma vez que o seu conteúdo atrai a atenção a visita e consumo por parte dos cliente é bem regular, dai a necessidade de manter também regularidade de novas postagens e novos conteúdos.

Imagens: podem chamar a atenção do público e transmitir uma mensagem rápida e eficaz. Elas podem ser desde fotos de produtos até memes, ilustrações ou gráficos. São uma ótima maneira de divulgar promoções ou campanhas específicas, e também um ponto alto para fortalescimento de marca e de imagem da empresa, para isso devem estar adequadas ao público alvo, faixa etária e perfil, além de estarem condizentes com a imagem da empresa, seus padrões de cores, logotipos. Quem consome este tipo de conteúdo é em geral um publico mais jovem, e a periodicidade de publicação deve ser curta, preferencialmente mais de uma pblicação por dia.

Vídeos: geram um mais forte engajamento e emoção no público, além de mostrar a personalidade e a sua proposta de valor. Eles podem ser desde tutoriais até depoimentos, lives ou stories. Cada formato exige uma periodicidade diferente, e atinge públicos diferentes, dai podem gerar resultados ou terem objetivos diferentes. Em geral, assuntos mais atuais acabam ganhando destaque, porém, conteúdos como tutoriais, cursos, depoimentos, bate-papos podem ser de grande valia e relevância mesmo após um maior período.

Áudios: são uma forma de oferecer conteúdo de valor para o seu público de forma prática e conveniente. Eles podem ser desde podcasts até audiobooks, músicas ou entrevistas. Audiobooks e conteúdos em audio, são muito consumidos, principalmente por empresários, que muitas vezes passam períodos de tempo no trânsito e aproveitam para receber por audio, notícias, aulas ou treinamentos. Alguns tipos de negócio, podem até mesmo se beneficiar de playlists em plataformas de stream, por exemplo músicas para malhar indicadas pelo personal trainer, conteúdos para relaxamento fornecidos por um salão de beleza, ou loja de moda enfim, são muitas opções e oportunidades, atingindo um público super variado.

Perguntas e Respostas: existem centenas de plataformas online, que são focadas em perguntas e respostas ou comentários de usuários como os fóruns, stackoverflow, qura, reddit, telegram, grupos de whatsapp entre outros, é um formato que vem ganhando a cada dia mais usuários e os assuntos são os mais variados possíveis. Ser um colaborador pode gerar grande engajamento no assunto do seu domínio e trazer ótimos resultados.

Esses são os principais formatos que você pode usar, porém, para se conectar com o seu público e alcançar os seus objetivos, você tem que estar sempre atento ao feedback e alinhar sempre o tipo de conteúdo ou de conteúdos diferentes que você pode usar para atingir o seu público específico. No entanto, é importante que você adapte o seu conteúdo para cada rede social, levando em conta as características e preferências do seu público em cada uma delas.

CUIDADO !!! quando você está publicando algum conteúdo, seja em qualquer mídia ou formato, você deve estar atento aos direitos de uso e leis de copyright. Se for fazer uso desse tipo de material, uma boa alternativa é adquirir pacotes de imagens, sons, videoloops que possuem a informação de livre de direitos autorais, ou algum que tenha as licenças livres. Por exemplo, nós da DigitalProductsShop temos diversas opções, vaja abaixo alguns produtos que podem te auxiliar.

Qual opção de Rede Social devo Escolher?

Essa é uma pergunta muito dificil de ser respondida, a dica aqui é conheça o propósito e o funcionamento de cada rede social, entenda qual é o objetivo, a linguagem e o formato que cada uma delas usa e se esse objetivo está de acordo com o que você usa ou pretende usar. Por exemplo, o Instagram é uma rede focada em imagens e vídeos, com um tom mais informal e descontraído. Já o LinkedIn é uma rede voltada para o público profissional, com um tom mais sério e formal.

Você pode ter mais de uma rede diferente, para isso, defina os seus objetivos e metas de maneira individual para cada rede. Saiba o que você quer alcançar e estabeleça indicadores para medir os resultados. Por exemplo, se você quer aumentar o tráfego para o seu site, você pode usar o Facebook ou o Twitter para divulgar links dos seus conteúdos. Se você quer aumentar a visibilidade da sua marca, você pode usar o Instagram ou o YouTube para mostrar os seus produtos ou serviços.

Crie um calendário editorial para cada rede, planeje com antecedência os conteúdos, levando em conta a frequência, o horário, o formato e o tema das suas publicações e as métricas dos seus resultados. Por exemplo, se você usa o Instagram, você pode criar um calendário com postagens no feed, nos stories, no IGTV e no Reels, alternando entre fotos, vídeos, carrosséis e lives. 

Adapte o conteúdo para cada rede social, por exemplo, se você tem um blog, você pode transformar os seus artigos em vídeos curtos para o YouTube ou em infográficos para o Pinterest. Se você ja tem um podcast, você pode transformar os seus áudios em legendas para o Twitter ou em stories para o Instagram. Acompanhe as tendências e novidades de cada rede social e fique atento às mudanças e atualizações, aproveite as oportunidades e siga as tendências. Por exemplo, se você usa o TikTok, você pode participar dos desafios e hashtags que estão em alta. Se você usa o Facebook, você pode usar os recursos de grupos e eventos para interagir com o seu público.

Maiores Problemas Enfrentados Pelas Pequenas Empresas

O grande erro da maioria das empresas é achar que precisa estar em todas as redes sociais. Não que seja um problema marcar presença, mas tenha em mente que isso custa recursos valiosos, como tempo e dinheiro.

Quando você opta por estar presente em várias redes sociais, mas não tem tempo para criar conteúdos adequados para cada uma delas, e por isso, interage pouco, alcança poucas pessoas e não vê nenhum resultado prático em suas vendas ou em direção aos objetivos e metas pré-estabelescidos.

Quando seus investimentos são focados em uma ou em poucas redes sociais, que também são mais frequentadas pela sua persona e, consegue produzir mais conteúdos adequados e dar mais atenção para a audiência, o que te garante um maior engajamento e consequentemente a obtenção das suas metas. Às vezes vale mais a pena fazer o clássico “feijão com arroz” bem feito do que tentar dar um passo maior do que a perna e não ter resultado nenhum.

Mas como saber qual é a melhor rede social para a minha empresa?

Há diversas formas de se descobrir isso. Uma boa estratégia é observar sua concorrência, que pode te garantir insights valiosos. Você também pode experimentar diferentes redes e ver qual delas surte o melhor resultado. Ou ainda, pode fazer uma pesquisa com seus clientes, a fim de levantar suas preferências pessoais e gostos, além, de observar as tendências do consumo de seu público em geral, por faixa etária ou por perfil.

A base de qualquer estratégia de redes sociais para pequenas empresas é o marketing de conteúdo, e você já deve saber que criar conteúdo dá trabalho, mas fique sabendo que é possível conseguir ótimos resultados utilizando as ferramentas certas. Portanto, foque o seu esforço no conteúdo em si, e deixe o processo de diagramação e criação por conta de terceiros. Muitos não investem nas redes sociais por não terem conhecimento técnico para criar imagens bonitas, ou editar videos ou produzir audio capazes de prender a atenção dos usuários, porém, uma estratégia nesse sentido é adquirir conteúdos pré-prontos elaborados por profissionais e focar naquilo que é da sua principal competência o seu negócio.

#redes sociais # mídias sociais # youtube # facebook # spotify # pinterest # instagram # whatsapp # promoções # propaganda # social media # produção de conteúdo # geração z # comunicação # marketing #

Este artigo teve 439 Visualizações

Conheça Também Estes Produtos: